Terceira vítima da febre amarela de Guarulhos passou 12 dias em Atibaia

primi sui motori con e-max

Um senhor de 84 anos, morador do Jardim Vila Galvão, que viajou para Atibaia entre 20 de dezembro passado e 2 de janeiro deste ano, faleceu por febre amarela no último dia 10, no Hospital do Servidor Público, na Capital. O resultado positivo do exame que confirmou a causa da morte foi enviado pelo Instituto Adolfo Lutz à Secretaria de Saúde de Guarulhos na tarde desta segunda-feira (22).

Segundo a família da vítima, um dia após retornar de Atibaia ele já começou a apresentar os primeiros sintomas da doença, como febre, sudorese e dores no corpo. Conduzido ao Hospital do Servidor Público em 6 de janeiro, o paciente deu entrada diretamente na UTI, onde foi a óbito quatro dias depois. Uma equipe da Secretaria de Saúde visitou os familiares nesta segunda-feira (22) e deu início às medidas preventivas no bairro.

Com a confirmação deste caso, sobe para três o número de mortes por febre amarela de moradores de Guarulhos, todos infectados fora da cidade. Dois deles contraíram a doença em Atibaia e um em Nazaré Paulista.

Na semana passada, foi confirmado o óbito de um morador do Jardim Normandia, que visitou um sítio em Atibaia entre os dias 24 e 25 de dezembro e faleceu em decorrência da doença no último dia 3 de janeiro, em um hospital de Arujá. Em 7 de janeiro, houve a confirmação do óbito de um homem de 69 anos, que tinha chácara em Nazaré Paulista, próximo à divisa de Mairiporã, onde contraiu a doença. Ele faleceu em 25 de dezembro, em um hospital de São Paulo.

Ações preventivas:

Desde outubro, quando houve os primeiros casos de mortes de macacos infectados por febre amarela em áreas próximas à Serra da Cantareira, a Prefeitura de Guarulhos vem adotando uma séria de medidas preventivas, entre elas a vacinação da população que mora nas proximidades das áreas de risco ou frequenta essas regiões. Até o momento já foram imunizadas mais de 485 mil pessoas, número que supera a meta definida pelo Governo do Estado, que estabeleceu a administração de 300 mil doses no município.

Atualmente, 30 Unidades Básicas de Saúde da cidade oferecem as doses contra a febre amarela: Palmira, Continental, Vila Rio, Morros, Santa Lídia, Seródio, Haroldo Veloso, Carmela, Lavras, Soberana, Ponte Alta, Santa Paula, Álamo, Aracília, Piratininga, Cambará, Cabuçu, Recreio São Jorge, Novo Recreio, Belvedere, Primavera, Acácio, Bananal, Santos Dumont, Fortaleza, Água Azul e Bambi, além das UBS Munhoz, Cavadas e Ponte Grande, que são unidades temporárias de vacinação para bloqueio da febre amarela na região.

Já o Ambulatório da Criança (Centro) e a UBS Cecap são unidades que emitem Certificado Internacional de Vacinação. Portanto, elas somente vacinam as pessoas que viajarão para locais de risco, mediante comprovação de viagem marcada (passagens, reservas de hotel, entre outros).

Desde esta segunda-feira, as UBS não fornecem mais senhas para vacinação. A partir deste dia, a Secretaria passou a realizar – nas próprias unidades de saúde - o agendamento dos interessados na imunização para dias desta semana, conforme a disponibilidade do estoque de vacinas fornecidas pelo Governo do Estado.

ImprimirE-mail

sindicalizar

depressaocomerciarios

dentistadesistencia

Guarulhos

Rua Morvan Figueiredo, 65
7º andar - Centro - Gru
Cep.: 07090-010
Tel: (11) 2475-6565

Itaquaquecetuba

Rua Guilhermina Maria Conceição, 79
Centro - Itaquaquecetuba
Cep.: 08570-640
Tel.: (11) 4642-0381 / 4642-0792

CQC

Rua Cerqueira César, 236
Centro de Guarulhos
Tel.: (11)4378-8333

Facebook
Youtube